Gilberto Brandão Marcon

Escrever é um encontro marcado com a própria alma.

Textos



As Delicadas Flores de Silêncio


 
Ser silêncio apenas sentido,
ser flor que é bela por apenas ser.
Surgir em instante fugaz,
ser percebida para depois ocultar-se.
Fazer morada, e não estar em casa,
pois que não habita, apenas visita.
Antes é amazona recatada,
guerreira virtuosa,
virgem em seu pudor.
Qual a sua função?
Talvez só a possibilidade de existir
da alma reconheça.
É ser portal da fé dos descrentes,
porém éticos,
dos fortes que se fizeram fracos,
dos que buscaram descobertas
que julgavam encontrar
nas complexidades
mas que, embebidos de surpresa,
tiveram a revelação
da simplicidade.
Foram visitados por lágrimas,
mas estas não quiseram brotar,
pois foram vencidas
por um insignificante,
mas intenso, momento de felicidade.
Gilberto Brandão Marcon
Enviado por Gilberto Brandão Marcon em 01/12/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras