Gilberto Brandão Marcon

Escrever é um encontro marcado com a própria alma.

Textos



O Segredo dos Dias.
 

Além de mim,
Além daqui,
Além de si.
 
Em algum lugar qualquer.
Pois no Todo,
Tudo é lugar comum,
E o espírito congrega com o cotidiano.
 
Verte gotas de silêncio.
Cobrem o peito folhas outonais.
Sobre os olhos pétalas primaveris.
E coração é inverno e verão.
 
Quietude e tempestade.
Luz de raio a rasgar a noite.
E as trevas se vão,
Desaparecem por encanto.
 
Fica o olhar,
O hálito de canela,
Talvez de hortelã,
Sei lá, hálito de vida!
 
Sol no amanhecer,
Lua do cair da tarde,
Estrelas guardadas na noite,
É o céu, sempre o céu.
 
Em algum lugar mora paz,
E  esta brinca de fugir,
Quer ser encontrada,
Mas parece temer o encontro.
 
Então, eu me calo,
Nada digo, e tudo ouço,
Murmúrios de confissões,
Dos segredos dos dias.
Gilberto Brandão Marcon
Enviado por Gilberto Brandão Marcon em 03/11/2013
Alterado em 20/10/2019
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras