Gilberto Brandão Marcon

Escrever é um encontro marcado com a própria alma.

Áudios

Liberta-te! O Cristo Pascal
Data: 11/04/2020
Créditos:
Título: Liberta-te! O Cristo Pascal
Autor: Gilberto Brandão Marcon
Voz: Gilberto Brandão Marcon
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.




Liberta-te! O Cristo Pascal.



Vejo a cruz, vejo Te crucificado,
Quando chegará a tua páscoa?
Quando te libertarão
dos cravos com que te feriram?
Continuas pregado,
transformaram-te no Deus do sofrimento,
Zombaram-te, e converteram a abundância de tua semente espiritual
Em mera busca de riqueza material.
Justo a Ti, que dizias que rico
era o que menos necessitava.
Demoliram teu templo de alma
e fizeram pomposos prédios,
Falam em teu nome,
mas não dizem a tua palavra.
Eterno rei, mestre de fracos e fortes,
Tua cruz jaz, mas continuas crucificado.
Irmão mais velho, filho mais próximo do Pai,
Teus verdadeiros apóstolos te chamam,
Não sabem vencer sendo pacíficos,
Se necessária a cruz,
a tomaram em teu nome,
Mas que resultado isto trará?
Como vencer sendo massacrado,
Como fazer do mundo de Cesar
o mundo de Deus, se a lei de Cesar
se sobrepõe aos mandamentos de Deus?
Transformam a tolerância em fraqueza,
Modificam a piedade em vadiagem,
Vendem relíquias para serem adoradas
No Santo Nome de nosso Pai.
Desce novamente da cruz,
pois estão cegos,
Não Te viram ressuscitar,
Desconfio que Te querem crucificado.
Liberta-te, corrige a lição mal apreendida,
Trouxeste o amor de Deus
e não negaste sua justiça,
Reintegra a justiça ao amor,
Caminha novamente liberto,
Sorri para teus irmãos de jornada,
Ensina o que não sabemos ainda.
Deixa essa cruz, liberta-te,
Para sermos libertos contigo.

Foto: Silvia Ferrante
Texto: Gilberto Brandão Marcon
08/04/2012
Enviado por Gilberto Brandão Marcon em 11/04/2020

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras