Gilberto Brandão Marcon

Escrever é um encontro marcado com a própria alma.

Áudios

A Dona das Vontades
Data: 27/09/2009
Créditos:
Texto: A Dona das Vontades
Autoria e Voz: Gilberto Brandão Marcon
Agradecimento: Roberta Vallim Hoffmann Marcon
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


A Dona das Vontades

É o cheiro do perfume
que não quer sair das narinas,
é o sabor da pele
que não quer sair da boca.
Em meio ao choque
dos conceitos de força e fraqueza,
até onde o corpo,
até onde a alma?
Até onde o certo,
até onde o errado? 
E, dilacerado,
reavaliar os próprios conceitos,
divagando em possibilidades.
Pensar-se semideus,
verdadeiro titã,
herói romântico,
para depois abater-se
ante a fragilidade da vontade.
Reconhecendo
o que os sentidos acusam,
mas não sabendo
se é algo divino
ou coisa diabólica.
Não sabendo
se tem potente coragem,
ou vergonhosa covardia.
Iludido com as próprias forças
e completamente vulnerável.
Tomando posse,
e a tudo perdendo.
Almejando a paz,
mas declarando guerra.
Almejando
a sublimação da alma,
e dobrando-se
ao corpo.



 
Enviado por Gilberto Brandão Marcon em 04/06/2009

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras